Lava, lava, lava, esfrega, esfrega, esfrega…

3:20h da manhã:

– Rê…Rê…

– Hmmpfrggg…

– Tá doendo…

– Zzzz…doendo como…

– Acho que é contração…

– Hmmmfrgzz…quer ir no hospital…

– Num sei…

– Zzzzgrrrff…tá monitorando, tá intervalada…

– Num sei…

– Grrrzzzzffghrr…se quiser a gente vai…

– Quando eu fico em pé não sinto…

– Zzzzzzfffrrrrgghhhh…e que fazemos…zzzgrrrrffhhhh…

– Num sei…

– Fffffggrrrruuuurrrrrzzzzzz…anda um pouco…

– Vou tomar banho, peraí…

7min42seg depois:

– Num tô sentindo mais…

– Zzzzzzzfffrrrraindabemdddddrrrrrvvvv…que bom…dorme…

– Tá…

Nunca imaginei que cascão desse contração falsa! Um banhinho resolve!

Anúncios
Published in: on janeiro 17, 2009 at 9:41 am  Comments (3)  

A Profecia

Ela vai aprender rápido com o pai…

sobremesariano

Published in: on janeiro 10, 2009 at 8:56 pm  Comments (5)  

Rotina

– AAAATCHIIIMMMM !!!

– Saúde !

– Fiz xixi…

– Pãtz…

Published in: on janeiro 2, 2009 at 10:06 pm  Comments (2)  

Essa metamorfose ambulante…

Vocês lembram do boneco de marshmallow do Ghostbusters ? (favor não confundir com o boneco da Michelin)

Então…a Selma tá parecendo ele andando…

Published in: on dezembro 8, 2008 at 9:06 am  Comments (2)  
Tags:

Só pra esclarecer…

Então, a Selma escreveu AQUI sobre o hamburguer, o sorvete, etc.

Vale lembrar que, se não fosse o (futuro) pai aqui, a pobrezinha da mocinha dentro da barriga ainda estaria comendo só comidinha saudável, salada, essas tranqueiras que fluem pelo cordão e somente “alimentam”. A parte divertida, necas!

Graças à minha heróica intervenção, nossa garota vislumbrou um pedaço do paraíso (me refiro ao chocolate), e vibrou em êxtase!

Se não fosse o pai…

Published in: on novembro 19, 2008 at 11:17 pm  Comments (2)  
Tags:

Heróis Bíblicos

Noé enfrentou o dilúvio. Daniel, os leões na cova. Davi, o gigante Golias. Moisés, além do exército egípcio inteiro, teve que aguentar o choramingo dos conterrâneos durante 40 anos no deserto. Ah, mas nenhum deles teve que enfrentar a necessidade de uma auto-depilação com uma barriga de 31 semanas! E sem visão nenhuma das baixas paragens. E com mais uma sessão por vir, daqui a umas 6 semanas!

Acho que o mundo ainda ia estar debaixo d’água…

Published in: on novembro 12, 2008 at 12:02 pm  Comments (2)  

Marte ataca!

A propósito, pra quem ainda não percebeu, quando o post está escrito EM ITÁLICO, é o Renato que está escrevendo…

Vocês viram aí embaixo que teremos uma menina! Quer dizer, já temos. Só estamos aguardando a saída dela do conforto do líquido amniótico para o nosso mundo. E isso acontecerá em Janeiro…bem, segundo os cálculos…mas ainda dá pra nascer no meu aniversário, no final de Dezembro, vai saber…se pretensão matasse…

Então, no último ultrassom (também descrito abaixo), verificamos as pernas, os braços, as mãos, o coração, etc. etc….mas, o mais interessante, foi na hora da cabeça. Palavras da médica:

“Ok, aqui temos a cabeça…grande, né?”

Claro, puxou a mãe! Longe de mim querer outra coisa, tem que puxar a mãe mesmo pra ser bonita! Mas a cabeça podia ser mais normalzinha que nem a do pai…

Como diriam os marcianos: “Dá-Dá!”

Published in: on agosto 25, 2008 at 9:52 am  Comments (1)  
Tags:

Don’t patronize me

Na pilha dos sete livros que tenho para ler sobre gravidez e coisas, dois são australianos, três são americanos e dois são brasileiros. Cada um deles tem suas peculiaridades: os australianos trazem detalhes de costumes e alimentos somente encontrados por lá; os americanos com suas encanações e papos abertos sobre abortos e opções de não amamentação; e os brasileiros tratando as mulheres como se fosse retardadas mentais.

Estou bestificada com a falta de conteúdo e profissionalismo dos livros brasileiros dedicados à gestação. Tudo é superficial, tudo é tratado como se fosse um conto de fadas, com aquele tom de “ai, tadinha, eu sei que você não entende nada do que eu estou falando… Não tem problema, bonitinha, tudo vai dar certo, viu?”.

Talvez os livros reflitam o perfil do brasileiro: o não gosto pela leitura; ou a constante falta de interesse por aprender algo de verdade.

Li os livros, somente para atestar a verdadeira inutilidade deles. Me senti uma idiota.

“Bonitinha” o escambau. Se eu vomito, eu quero saber o porquê. Se vou fazer uma aminocentese, quero saber absolutamente tudo sobre o exame, cada pingo no i. Se eu preciso comer um maço de espinafre por dia, combinado com vitamina C, não me diga simplesmente que vai fazer bem prá mim. Há muito deixei de ter 5 anos, em que me contentava com respostas simples e infantilmente lógicas.

Don’t patronize me, please.

Published in: on agosto 6, 2008 at 9:20 pm  Deixe um comentário  

Bichiiiinhoooooo !!!

Claro que eu vou dar pitaco.

Não com a mesma frequência que a Zelda (a partir de agora, “Zelda” ou “Zé” serão os nomes pelos quais referir-me-ei à digníssima patroa) mas, com certeza, serei presença constante neste blog-relato de uma gravidez gonadotrofinada na terra do kimchi.

Por enquanto, vamos administrando a fase vomitante…

Renato

Published in: on junho 25, 2008 at 11:08 pm  Deixe um comentário  
Tags: