Quem somos

Selma, 38 anos, casada. Disposta a desvendar esse mistério chamado gravidez. Já descobriu que a cada dia uma coisa nova será aprendida. But there’s no free lunch…

…e eu sou o bicão do marido, Renato. Não grávido fisicamente, mas administrando o evento em conjunto com a patroa. E aguardando aflito a hora em que ela vai me pedir uma salsicha de buteco no molho parado ou uma tubaína de abacaxi…

Publicado on maio 12, 2008 at 9:16 am  Comments (11)  

The URI to TrackBack this entry is: https://selmafelice.wordpress.com/about/trackback/

RSS feed for comments on this post.

11 ComentáriosDeixe um comentário

  1. Caiu no seu blog por acaso (pelo tag: diário)
    Boa sorte na gravidez, e um bebê bonitinho!

    Bjs,
    Matt.

  2. Obrigada pela visita, Irina! Volte sempre!

  3. Boa sorte uma gravidez tranquila e um bebe com muita saude.Cheguei aqui atraves do Sindrome de Estocolmo. Otimo blog agora esta no meus favoritos, Arlete

    • Oi Arlete, obrigada pela visita! Venha sempre!

  4. Selmitcha,
    bom parto e relaxe. Vai ser jóia!
    gde beijo pra vc e pra filhota,
    Dani

  5. O grande momento está chegando, o momento de ouvir aquele chorinho….só de falar fico com lágrimas nos olhos, é uma emoção sem igual e a melhor de todas!!!! Vai tranquila e, acredito que o Renato vá assistir ao parto, vê se não passa mal!!!os homens são meio fracos para estas coisas….Beijos, Angela

  6. Oie … estou passando por aqui pra te enviar muita, mas muita energia boa, pensamentos positivos, e tudo o que há de melhor … curta, aproveite ao máximo sua barriga (vc vai sentir muita falta dela, rs!). Mas me conta, esta bebezinha maravilhosa já tem nome ????? Um super beijo a todos !!!!
    Maga

  7. E ai filhota, queremos conhecê-la, chega logo.

    Beijos Sel e Renato

    Não consegui chegar a tempo de postar meu palpite de nascimento, sniff.. foi até dia 10. Sniff.
    De qualquer forma vai nascer independentemente de lua, vai nascer por fome e falta de espaço, acham que ela é boba. Está confortável em um colchão macio, sem despertador, com música, carinho, vou ser muito sincera, se eu fosse ela, tava nem ai pro 6s, queria mesmo curtir cada minuto pertinho de minha mãezona.

    Beijokas

    Rê e Zeca,

  8. oiê!!!!

    ui…até esse negócio de lua que muda a gente começa a prestar atençAo….é…a mãe natureza é sábia…

    queridos..estamos por aqui vivenciando com vcs. este momento.
    De todos projetos que fiz..e olha que não foram poucos..o mais importante foi ser mãe.Filhos são bençãos diárias. É, acredito, uma experiência única de amor incondicional.
    sempre que me apresento..mesmo academicamente…minha primeira fala é que sou mãe da Mariana e da Gabriela..depois desfio o lattes….uma mulher que decidiu ser mãe como vc, Selma.
    Renato, vc. era uma menininho e é claro não lembra..
    Quando decidi vir para o sul a bi tinha acabado de nascer e fui morar num sítio pra criar as meninas em paz..
    Deixei a USP e o Singular-Anglo pra ser mãe..nunca me arrependi da troca..ao contrário..criar nossos filhos é tão importante, senão mais do que qualquer mega-projeto acadêmico..é aprender a partilhar…primeiro o corpo e a vida depois cada momento…
    Deus em sua sabedoria nos permitiu criar tb…

    Selma, fico orgulhosa de ter uma mulher como vc. perto da gente e do Renato, Deus não poderia ter sido mais generoso…..

    Amamos vs. e a pequena que vai chegar quando for a hora dela..e nem toda tecnologia do mundo muda isso…
    ainda bem…..

    bjs de todas nós
    Ivone, Mariana e Gabriela

  9. ô….estamos por aqui minuto a minuto com vcs…..
    firme aí..agora já é o final de mais uma etapa e início de outra maravilhosa…vc. verá….dê muitos bejs nessas meninas….depois de tanta espera elas merecem todo nosso carinho e para a pequena que está vindo diga que nós a amamos muito e que estamos tentando fazer deste mundinho um lugar melhor pra ela ser feliz….

    ivone, mari e bi

  10. Parabéns pela sua bebezinha.
    Li em seus relatos que você sentia a pulsação nos ouvidos. Isso também aconteceu comigo durante a gravidez, mas três anos depois não passou.
    Já recorri há vários tratamentos, mas ainda não encontrei a cura. Estou procurando ajuda. Me responda.


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: