E ele está tirando uma sonequinha…

O dragão deu uma trégua hoje. Dormiu o dia inteiro, e deu sinais de acordar umas duas horas depois do jantar. Mas uma frutinha ou iogurte a cada uma hora e meia está ajudando a mantê-lo no soninho. Ê, bicho de alta manutenção…

Uma coisa que fiz diferente dos outros dias, e talvez aí esteja o xis da questione. Ultimamente tenho acordado muito cedo, com uma fome louca, e não tenho outra opção senão levantar e tomar café da manhã. Geralmente por volta da cinco e meia, seis da manhã. Depois de uns quinze minutos, volto pra cama e durmo mais umas horinhas. Quando acordo, já com fome novamente, como mais alguma coisa, mas o estrago já está instalado: o café da manhã já fermentou no estômago e o dia oficialmente estragado. Hoje eu acordei cedo, mas resolvi não levantar para tomar café. Foi difícil pegar no sono com fome, mas consegui. Quando acordei, tomei meu café normalmente, e meus lanchinhos à base de frutas até a hora do almoço. E não senti nada.

Ainda não sei se esse é o motivo, mas coincidência ou não, hoje fiquei bem melhor.

A Filhota não está mais somente usando os pés e os joelhos na comunicação com o mundo exterior: agora são duas mãozinhas aprontando também! Ela deve achar engraçado brincar com a parede do útero. Eu também acho, mas não quando estou deitada tentando dormir!

Na fase dos preparativos, estou tentando me concentrar no Birth Plan. Uma das coisas que preciso decidir é fazer ou não uma episiotomia. A princípio eu não queria, mas tenho lido que a incidência de rasgões durante a passagem da criança é bem grande. E geralmente a quantidade de pontos em uma episiotomia é infinitamente menor do que os pontos dos rasgos. Não sei, estou confusa e preciso de mais informações. A gente nunca sabe o que pode acontecer…

Published in: on dezembro 4, 2008 at 9:19 pm  Comments (8)  

The URI to TrackBack this entry is: https://selmafelice.wordpress.com/2008/12/04/e-ele-esta-tirando-uma-sonequinha/trackback/

RSS feed for comments on this post.

8 ComentáriosDeixe um comentário

  1. Acho que vc matou a charada…com o estômago comprimidérrimo, deitar, é refluxo na certa! Eu tive azias homéricas, sem estar grávida (nunca estive, ainda!!!) e decidi não tomar omeprazol, então caprichei nos horários de dormir, cortei os alimentos gordurosos…acho q vc já sabe, né?!!!
    Bjs!

    • Lígia, no geral eu melhorei bastante. Dia ou outro eu tenho uma recaidinha… Mas nada que se compara com os dias críticos da semana passada! Bjs!

  2. Oi Selma, a tendência atual é não fazer episio (pelo menos fora do Brasil). O motivo é o seguinte – a chance de laceração durante o parto não é tão grande assim, e a de lacerações realmente grandes e profundas (tanto quanto ou maiores do que a episio) é muito pequena, então os médicos preferem esperar pra ver se vai ter laceração – pq tb pode ser que não tenha nenhuma – e dar pontos em uma laceração que muito provavelmente será menor do que o corte da episio. Quem passa pela episio costuma reclamar de uma ‘queimação’ meio chata nos primeiros dias (até o corte cicatrizar). Até onde eu sei, os médicos que indicam episio é pq preferem dar pontos num corte reto e pre-determinado do que numa laceração que eles não têm controle exato de onde/como será. Nos meus 2 partos não tive episio, apenas pequenas lacerações e tomei uns pontinhos que mal percebi.
    Ah, boa sorte c/ a amiga azia pra vc. Eu convivi direto c/ ela na minha 1a gravidez, achei até que seria mãe da rapunzel, e vivia à base de antiácidos pois o negócio era feio mesmo. Dizem que refeições pequenas e constantes evitam o problema, mas eu não era disciplinada o suficiente.
    Bjs, Karina

    • Oi Karina, obrigada por partilhar a sua experiência. Me parece que escolher por uma episio ou não é um jogo de apostas. Já ouvi estórias de amigas que não fizeram e que tiveram lacerações imensas. Ainda estou colocando todos os pesos na balança… Ai, que decisão difícil! Bjs!

  3. Aqui na Australia eles deixam que voce escolha pela episiotomia no Birth Plan, tb te dizem que a quantidade de pontos na episiotomia e’ bem menor do que num eventual ‘acidente’. A Tati escolheu que ‘sim’ para a episiotomia mas no final rolou uma cesaria mesmo. O medico pode passar uma ideia da necessidade de episiotomia dependendo do tamanho estimado do bebe em relacao a mamae. Abracos!

    • Pois é, Heldim… Mas também a quantidade de pontos de um “acidente” pode ser menor… Poker game…

  4. Oi Patroa!
    Fique preocupada agora…Tanto com vc, quanto comigo (Me explico):
    – Preocupada comgo, pois percebi o quão ignorando eu sou, e não faço a menor ideía do que seja a palavra episiotomia !!!???
    Mas se precisar de ajuda, me chame, que eu bato nela ou…nele…Tá vedo, nem sei o sexo da tal palavra!!
    – Me preocupo com vc, porquedeve ser uma decisão complexa, principalmente se lhe falaram a palavra e vc ficou como eu…Com cara de paisagem!!

    Bjs

    • Lu, a decisão é complexa… Só não sei se te falo ou não o que é… Tadinha, vai surtar!


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: